Conecte-se!
Facebook Feed MSN Group Twitter
Últimos assuntos
» Desistiram?
Sab Out 06, 2012 7:01 am por Convidado

» Capítulo 67 e Todos outros
Seg Jun 18, 2012 10:22 am por Tatsuya

» Capítulo 66 [+18]
Qui Jun 14, 2012 9:25 am por Tatsuya

» Capítulo 65 [+18]
Ter Jun 12, 2012 7:01 pm por Day-chan

» Capítulo 64 [+18]
Dom Jun 10, 2012 3:37 pm por Day-chan

» Capítulo 61 [+18]
Dom Jun 10, 2012 3:27 pm por Day-chan

» Capítulo 63 [+18]
Dom Jun 10, 2012 3:27 pm por Day-chan

» Capítulo 62 [+18]
Seg Jun 04, 2012 7:08 am por Tatsuya

» Capítulo 59 [+18]
Sab Jun 02, 2012 8:23 pm por Day-chan

» o Button do Fórum
Qui Maio 31, 2012 7:06 am por Tatsuya

Votação

Capítulo 7 [+18]

Ir em baixo

Capítulo 7 [+18]

Mensagem por Tatsuya em Qua Jan 18, 2012 5:41 am

A semana começou intensa, as irmãs Gama-Tau se revezavam entre o início de fato das aulas na universidade, e os preparativos para a festa à fantasia que ocorreria no sábado. Centenas de estudantes disputavam convites, até mesmo membros de outras fraternidades. A fama de promover as melhores festas do campus atraía gente de todas as tribos, especialmente rapazes, que sempre em rodas de conversas machistas, classificavam as Gamas-Tau como as mais quentes do campus. Nenhuma outra fraternidade ousava marcar festa para o mesmo dia, pois sabiam que estaria destinada ao fracasso.

Os convites eram caros, e não eram ofertados apenas por dinheiro, os felizardos eram escolhidos a dedo pelas meninas quentes de Prescott. Uma equipe especial da fraternidade era responsável pela venda desses convites. Segundo a orientação de Esther, Amy a auxiliaria na escolha do repertório de música, escolha do DJ e da banda que se apresentaria na festa.

Durante a semana inteira, Amy não conseguiu ficar a sós com a presidente da Gama-Tau. Não pôde deixar de perceber que quase todas as noites depois de receber um telefonema, Esther montava em sua moto, só chegando em casa de madrugada, para irritação e ciúme da loirinha, que se controlava para não fazer perguntas no dia seguinte.

Durante as saídas da veterana, Amy perdia o sono, às vezes se lembrando do olhar de Esther, outras do selinho trocado, outras tantas, se lembrava da cena da cabana de madeira do jardim. Lembrava do seu sonho erótico com ela... Adormecia e sonhava com o cheiro dos cabelos e da pele da morena, chegava a sentir seu calor, sentia a respiração dela em seu pescoço e acordava com sua calcinha molhada, desejando que aquilo fosse real.

Em uma das noites de sonho, um momento em especial veio a sua memória: as mãos quentes invadindo seu sexo com movimentos intensos a fazendo gozar. Numa atmosfera estranha, mas familiar para ela, no sonho via o rosto de Esther quando virava para trás a fim de descobrir quem estava a tocando. Acordava se perguntando se era só mais um sonho erótico com Esther, ou se era alguma lembrança da noite do ritual vindo, como a própria descrevera.

Amy cruzou algumas vezes com Jonh no refeitório, mas o ignorou, não sabia o que acontecera, mas pela reação do rapaz, ele também não. As demais fraternidades organizavam atividades pelo campus, mas o assunto era um só: a festa da Gama-Tau. Os que conseguiram convites se apressavam em escolher fantasias, enquanto os preparativos na casa Gama, estavam a todo vapor.



Chegou enfim o dia da festa, a casa estava pronta. No andar de baixo, a sala se transformara em uma pista de dança, com o DJ no canto esquerdo. No centro um jogo de luzes ritmado. Na frente das escadas, dois seguranças que não permitiriam que ninguém subisse até os quartos das meninas, exceto elas. Na ante-sala fora montado o buffet, já que estava próximo ao bar que contava com barman profissional. No quintal da casa, fora organizado um pequeno palco, decoração cheia de detalhes com temas de personagens de filmes, desenhos e de fantasias clássicas.

As meninas quentes de Prescott estavam todas fantasiadas de heroínas de animes orientais, atiçava a curiosidade de todos saber quem era por baixo daquelas máscaras. Em pouco tempo todos os ambientes da casa estavam tomados pelos convidados. As novatas estavam encantadas com o clima da festa, bebidas variadas, músicas perfeitas, performances no palco e na pista de dançarinos profissionais convidados.

Amy passeava no meio de todos como se procurasse alguém, aos poucos ia reconhecendo algumas vozes de suas irmãs, muitas muito animadas pelo excesso de álcool que ingeriam. Na festa tinha-se de tudo: Zorro, Batman, Clark Kent, bombeiro, policiais, odalisca, gueixa, E.T., Sr. Incrível, Hulk... Logicamente, tinha também aquelas fantasias do tipo sem noção: hambúrguer, saco de pipoca gigante, camponesa, coelhinha, touro, sapo...

Em três horas de festa, Amy já estava bêbada o suficiente para justificar qualquer insanidade que cometesse. Buscava em cada heroína oriental a voz e o cheiro de Esther, mas não encontrou. Protagonizou na pista de dança um showzinho de dança sensual, deixando de queixo caído a todos que a viram, despertando o desejo de muitos e muitas, inclusive de Jonh, que estava acompanhado de sua namorada. Ellen que também estava visivelmente tocada pelo álcool, chegou a se aproximar de Amy enquanto ela estava no centro da pista. Antevendo uma situação delicada, Laurel tratou de tirar a loirinha do alvo da atenção de todos, afastando-a para o jardim.

-- Amy, ei, vá devagar, loirinha...

-- Laaauurel, amiga, se eu for mais devagar, eu paro...

-- A gente está no começo da festa ainda, você vai acabar não aproveitando nada!

-- Mas eu, eu, eu to aproveitando, Lauu

-- Esther não vai gostar nada de te ver assim...

-- Esther? Ela sequer apareceu aqui... Cadê ela pra me guiar? Preciso da mão dela, Lauurel.

Laurel percebeu nos olhos de Amy lágrimas querendo brotar, sentou-a em um banco no jardim, e foi buscar água no bar, voltando rapidamente. Estendeu a mão para Amy, segurando sua máscara, e deu-lhe a garrafa de água, na esperança de minimizar os efeitos de embriaguez.

--Toma, loirinha, beba antes que Esther chegue...

Amy ficou ali sentada olhando para a garrafa de água como se enxergasse a imagem de Esther dentro dela, encostou a cabeça no banco experimentando a tontura evidente. Laurel viu então uma movimentação incomum no interior da casa, como veterana responsável pela segurança da festa, pediu que Amy a esperasse ali enquanto se certificava que nada de errado estava ocorrendo. Nesse momento, Jonh se aproximou de Amy, tirando-a do banco, arrastando-a para uma árvore escondida na lateral da casa.

-- Você pensa que pode me fazer de otário, novata?

-- Eu? Do que você está falando, cara?

-- Você me atraiu pra uma armadilha naquele dia, né?

-- Armadilha? Que dia?

Mesmo que Amy estivesse sóbria não teria como se defender do rapaz, uma vez que aquela noite era um mistério para ela. Não conseguia manter-se de pé longe do corpo de Jonh, tamanha era sua tontura, quando notou o rapaz a imprensá-la contra a árvore descendo suas mãos por seu corpo.

Amy foi tomada de pavor. Mesmo com algum grau de embriaguez, percebeu que não aconteceria boa coisa naquele cenário. Tentou empurrar o rapaz, sem sucesso. Gritou e viu alguém se aproximar, de capacete, bater com um taco de beisebol nas costas de Jonh, que se afastou imediatamente.

-- Vaza daqui, grandalhão, antes que eu chame os seguranças do campus!

Amy reconheceu a voz, tentou se recompor vendo Jonh se afastar com passos rápidos dali. Como se tivesse apertado a tecla “slow” viu a morena se desfazer do capacete, espalhando suas madeixas, e fixar os olhos nela.

-- O que você está fazendo aqui sozinha, novata? -- perguntou Esther, visivelmente irritada.

-- Onde você estava que só chegou agora?

-- Eu não te devo satisfações, novata, entre, acho melhor você subir para o seu quarto!

-- Você acha que manda em mim?

-- Não acho, eu tenho certeza!

Nesse momento, Esther segurou Amy pelo braço, puxando-a. Abriu um portão lateral da casa que dava acesso à porta dos fundos, chamou Rachel e disse:

-- Leve-a para o quarto dela, e assegure-se que não saia de lá, por favor, Rachel.

Amy se debatia como criança sendo levada para o castigo, mas mal podia dar um passo sem antes tropeçar em algo ou derrubar alguma coisa. Laurel procurava a amiga que não estava mais no banco onde a deixara, encontrou Rachel com ela, e a ajudou no trajeto até o primeiro andar da casa. Todo o tempo a loirinha repetia frases desconexas, só se entedia que ela falava de Esther.

-- Manda em mim... Sei... E ela, onde estava? Ela vai ver...

Chegando ao quarto, Laurel se encarregou de cuidar da amiga, assegurando a Rachel que ela ficaria bem. Tirou apenas os sapatos de Amy e a fez se deitar em sua cama, insistindo para que bebesse água.

-- Quem ela pensa que é?

-- Amy, descanse... Não sei o que aconteceu, mas Esther deve ter motivos para te mandar subir, está só cuidando de você...

-- Cuidando de mim? Laurel, eu quero ela aqui! Como ela chega essa hora?

Laurel viu a amiga se declarar com aquelas indagações, mas não se aproveitou da situação, ficou ali, até que Amy caísse no sono.


Melissa Monteiro
avatar
Tatsuya
Admin
Admin

Mensagens : 888
Data de inscrição : 29/06/2011
Idade : 30
Localização : Curitiba-PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 7 [+18]

Mensagem por loveed em Qua Jan 18, 2012 11:51 am

ai delícia!!!
isso vai longe
ta muito legal !!
avatar
loveed
CupCake Kohai
CupCake Kohai

Mensagens : 318
Data de inscrição : 30/08/2011
Idade : 28
Localização : no coração de ed

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 7 [+18]

Mensagem por Day-chan em Qua Jan 25, 2012 6:46 pm

Eu posso fazer parte dessa fraternidade? *.*
avatar
Day-chan
Staff Kouhai
Staff Kouhai

Mensagens : 184
Data de inscrição : 07/07/2011
Idade : 30
Localização : Sonhando com chocolates

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 7 [+18]

Mensagem por Tatsuya em Qui Jan 26, 2012 2:39 pm

Tb quero o/ Quando faço o teste mesmo? cof cof -apanha-
avatar
Tatsuya
Admin
Admin

Mensagens : 888
Data de inscrição : 29/06/2011
Idade : 30
Localização : Curitiba-PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 7 [+18]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum