Conecte-se!
Facebook Feed MSN Group Twitter
Últimos assuntos
» Desistiram?
Sab Out 06, 2012 7:01 am por Convidado

» Capítulo 67 e Todos outros
Seg Jun 18, 2012 10:22 am por Tatsuya

» Capítulo 66 [+18]
Qui Jun 14, 2012 9:25 am por Tatsuya

» Capítulo 65 [+18]
Ter Jun 12, 2012 7:01 pm por Day-chan

» Capítulo 64 [+18]
Dom Jun 10, 2012 3:37 pm por Day-chan

» Capítulo 61 [+18]
Dom Jun 10, 2012 3:27 pm por Day-chan

» Capítulo 63 [+18]
Dom Jun 10, 2012 3:27 pm por Day-chan

» Capítulo 62 [+18]
Seg Jun 04, 2012 7:08 am por Tatsuya

» Capítulo 59 [+18]
Sab Jun 02, 2012 8:23 pm por Day-chan

» o Button do Fórum
Qui Maio 31, 2012 7:06 am por Tatsuya

Votação

Capítulo 18 [+18]

Ir em baixo

Capítulo 18 [+18]

Mensagem por Tatsuya em Seg Fev 13, 2012 5:34 am

Tudo pronto para finalmente o baile de máscaras da Gama-Tau. Frisson no campus, na fraternidade então, as meninas estavam inquietas, estressadas e ansiosas.

Desde o episódio da lanchonete, Esther e Amy não se viram. A loirinha ouviu comentários de que a presidente da Gama-Tau não dormira em casa, o que, obviamente, despertou seu ciúme e a deixou mais sedenta em executar seu plano de provocação com Philip.

Faltando duas horas para o baile, a maioria das meninas já estava quase pronta. Várias limusines foram alugadas pela fraternidade para conduzir as meninas quentes de Prescott até o salão Windson, local eleito para a realização do baile de máscaras, bastante tradicional na região.

O Windson era uma construção pomposa com ares de nobreza, por isso, comparado a um castelo. Na verdade, pertencera a uma família de nobres ingleses, fora destruída em grande parte na Guerra da Secessão, recuperada acerca de 20 anos pela Roberts CIA, empresa do marido de Michele Roberts.

Da janela do quarto, Amy viu Esther chegar apressada, segurando nas mãos o que parecia ser um vestido envolto em uma capa de plástico, Como a maioria das meninas já estavam no primeiro piso da casa, esquentando-se para o baile a custa de uma bebida especial preparada por Ellen e outras irmãs, nos andares superiores o silêncio predominava. O que contribuiu para Amy escutar pela fresta da porta o diálogo entre Rachel e Esther.

-- Em cima da hora, Esther! Todas as outras estão prontas, e justo a presidente vai se atrasar?

-- Rachel, você sabe perfeitamente que não tive escolha, você sabe onde eu estava e o que estava fazendo...

-- Mas até ela vai a esse baile, tinha que te chamar justo hoje?

-- Você sabe com Michelle é, amiga... Agora vem e me ajuda a me arrumar, por favor...

As suspeitas de Amy só se confirmaram. Estava claro que Esther tinha algo com Michelle Roberts, o que ela ainda não entendia, era que tipo de relação seria essa que fazia da morena sempre tão soberana, agir como total submissa àquela mulher que já lhe parecia ardilosa. Mas era hora de se concentrar no plano da noite. Ligou para Philip, que já estava pronto e ansioso para rever John. Combinaram de se encontrar em um dos jardins do castelo, como todos estariam mascarados, Philip descreveu qual seria sua máscara afim de Amy o identificar.

Às 22h as limusines já estavam estacionadas à frente da Gama-Tau, em cada uma delas, quatro irmãs da fraternidade embarcaram. Ellen fez questão de que Amy fosse do seu lado, aproveitando o atraso de Esther, que iria à última limusine junto com Rachel.

A chegada das limusines em comboio estacionando em frente ao Windson, com todo glamour das luzes da passarela vermelha, cercada de candelabros, deu o ar quase hollywoodiano na recepção das Gama-Tau.

Todas, devidamente mascaradas, desembarcam sob olhares atentos, curiosos e desejosos, não só dos estudantes, mas também de toda tradicional sociedade da região que chegavam ao baile.

No interior de Windson, a orquestra já tocava clássicos. O luxo era de deslumbrar qualquer membro da realeza, sem dúvida, as meninas da Gama-Tau capricharam nos detalhes de sofisticação, sob o jugo da Sra. Roberts, que fez questão de opinar em tudo.

Amy se apressou em procurar Philip, no jardim lateral, conforme combinaram. O rapaz exibia seu bom gosto no fraque impecável, a face estava coberta por uma máscara branca com apenas um detalhe prateado para destacar das demais, e assim Amy o encontrar.

-- Amiga, até toparia em voltar a ser hetero por uma noite, só pra ficar com você, porque você está um arraso!

-- Philip, por favor, não deixa a purpurina tomar de conta de você hoje... Não esqueça que hoje você é meu bofe!

-- Então reza pra sua fada madrinha não me transformar numa abóbora pink quando eu vir aquele deus grego aqui!

-- Philip!

-- Estou brincando pra descontrair você, amiga. Que tensão, hein! Mas lembre-se, você tem algo a fazer por mim também...

-- Não me esqueci, não...

-- A senhorita então aceitaria essa contradança?

Amy entrou no espírito do tom jocoso de Phillip e seguiu para o salão principal conduzida pela mão do amigo. Dançaram como um casal apaixonado, apesar da impaciência evidente de Amy que buscava algum sinal que identificasse Esther em meio a tantas máscaras ao seu redor, mas a loirinha sequer sabia se sua paixão já estava ali.

Dançaram uma, duas músicas, até o alvo de Philip dar as caras perto do bar. O amigo de Amy identificou fácil a boca marcante do rapaz, que em um momento de descuido permitiu que a máscara escorregasse pelo rosto quando o elástico se soltou. Sem muito alarde, Philip levou Amy até o bar, e como se fosse um velho conhecido de John, deu um nó seguro no elástico da máscara anunciando seu gesto:

-- É tudo uma questão de saber prender, meu caro, uma vez preso, a gente só esconde no momento que convém...

John virou-se surpreso com o gesto e confuso com as palavras de Philip, que logicamente destilou um sentido ambíguo naquela frase. Como quem dominava completamente essa arte do flerte discreto, Philip se adiantou:

-- Prender bem o elástico da máscara, assim sua identidade ficará em segredo até o momento que você quiser, e a festa está só começando, né? Ainda não é hora das máscaras caírem.

Um sorriso se desenhou nos lábios de John que agradeceu educadamente:

-- Você tem razão, obrigado, parceiro. Aceita beber algo como agradecimento ao seu gesto?

Amy ainda sem acreditar no que estava testemunhando: o homem mais popular e desejado da universidade, caindo no flerte de Phillip facilmente... Tratou de interromper antes que o seu plano fosse arruinado, antes mesmo de Esther chegar.

-- ANHRAM... -- simulou um pigarro a fim de chamar atenção do amigo.

A troca de olhares dos rapazes então foi cessada, e Phillip pediu a bebida preferida da amiga, Blood Mary, e uma dose de whisky para ele, nesse momento, John se afastou do bar, visivelmente sem graça.

-- Eu te disse, amiga... Te avisei...

-- Ok, ok, mestre da sedução gay! Mas dá pra se controlar um pouquinho?

Philip sorriu, e saiu do bar de braços dados com Amy. Pela escadaria viram descer uma mulher simplesmente deslumbrante, vestido armado. Ao seu lado um homem alto, careca, mas de porte elegante. Não demorou muito para o público especular que se tratava do casal Roberts. Alguns cochichos, olhares, mas o casal aparentava estar acostumado a essas entradas triunfais, pareciam abstrair os holofotes invisíveis.

-- Deixe-me adivinhar... Só eu não sei de quem se trata esse casal mascarado? -- Philip comentou bem-humorado.

-- Aaroon e Michelle Roberts. Essa mulher tem algo com Esther, tenho certeza... Uma relação que ainda não sei o teor, mas vou descobrir -- Amy respondeu.

-- Opa... Espera um pouco... Com Esther?

-- É... Ouvi uma conversa estranha entre as duas...

-- Você anda muito esquisita, amiga... Investigações, espionagem, planos mirabolantes...

Amy não teve como conter o riso, continuou caminhando pelo salão com o amigo, divertindo-se, tentando descobrir quem era quem por baixo daquelas máscaras. Entretanto, sua ansiedade em encontrar Esther por vezes ficava evidente no seu olhar em direção a entrada principal. E como se houvesse um ranking de pontuação para entradas triunfais, eis que pelo portão dourado, despontava uma bela jovem: vestido vermelho com um decote generoso na altura do busto, cintura marcada, definindo as curvas impecavelmente desenhadas, cabelos presos, deixando alguns cachos caírem sobre o ombro nu, a máscara com pedras brilhantes iluminavam o olhar latino marcante da presidente da Gama-Tau. A perfeição de seu corpo não deixava dúvidas sobre a sua identidade, mesmo escondida pela fantasia do baile.

Esther caminhou lentamente pelo salão, sob olhares atentos, inclusive o de Michelle Roberts. Entretanto, o olhar de Esther só buscava uma pessoa, a mesma que lhe fitava quase sem ar diante da beleza que enchia o Windson.

Philip segurou firme na mão da amiga, notando a brusca mudança de temperatura que tomou de conta das mãos de Amy.

-- Amy... Você está bem?

Como quem fosse despertada de um transe, a loirinha olhou para Philip e somente teve forças para balançar positivamente a cabeça. Andou em direção a uma das varandas laterais do salão numa tentativa de recuperar seu fôlego e sua calma.

-- É amiga... Você está apaixonada: FATO.

Amy não tinha disposição para começar uma discussão com o amigo, especialmente porque seria completamente inútil esconder o óbvio. De longe observou os movimentos de Esther pelo salão. A morena parecia impaciente, procurando alguém. Tal atitude serviu como deixa para a loirinha se encher de coragem e executar seu plano. Respirou fundo, deu uma piscadela para Philip e anunciou:

-- Hora do show, amigo!


Melissa Monteiro
avatar
Tatsuya
Admin
Admin

Mensagens : 888
Data de inscrição : 29/06/2011
Idade : 30
Localização : Curitiba-PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 18 [+18]

Mensagem por EdRuah em Ter Fev 14, 2012 7:40 am

vala meu deus!!!!!!!!!!!!!! a esther me matou agora!!!!!!!!!!!!!!

xesus ela eh muito linda!!!!!!!!!!!!!!!

manda mais um pelo amor de deus!!!!!

____________________________
Spoiler:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


"Zettai Unmei Mokushiroku"
avatar
EdRuah
Moderador
Moderador

Mensagens : 662
Data de inscrição : 16/08/2011
Idade : 26
Localização : Jardim do Éden Brasileiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 18 [+18]

Mensagem por Day-chan em Ter Fev 14, 2012 9:42 pm

Esther é sensação 100%!
O que seria de nós sem boas descrições como estas!
avatar
Day-chan
Staff Kouhai
Staff Kouhai

Mensagens : 184
Data de inscrição : 07/07/2011
Idade : 30
Localização : Sonhando com chocolates

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capítulo 18 [+18]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum